terça-feira, 11 de novembro de 2014

Bebês que recusam as primeiras papinhas!


Bebês que recusam as primeiras papinhas

Reflexo de Extrusão + Neofobia – parte da explicação
Depois dos 6-7 meses, dependendo de cada mãe-bebê, há necessidade de além do leite materno o lactente comece com as papas de frutas e os purês de legumes para suprir suas necessidades calórico-protéicas e sensoriais para o seu crescimento e desenvolvimento.
Para superar o reflexo de extrusão ou protrusão lingual
Um aspecto fundamental para o início da introdução dos novos alimentos passa pela perda do reflexo de extrusão. Este é um reflexo de defesa fisiológico (normal) que consiste na projeção para fora da boca do que se introduz na face anterior da língua do bebê. Este reflexo é perdido em média por volta dos 4-6 meses, o que significa que a partir dessa idade o lactente está apto a deglutir o que lhe é dado de colher. Este reflexo pode desaparecer mais precocemente se antes dos 5 meses se começar a introduzir alimentos na boca da criança com uma colherzinha.
Não lhe parece óbvio que isto aconteça?
O lactente mamava no peito um líquido e de repente ele tem que comer um semi-sólido e ainda mais com uma colher! Os movimentos da musculatura da língua e de toda a boca são bem diferentes e ele merece um tempo para esta adaptação.
Antes de o lactente perder o reflexo de extrusão, os complementos de alimentos sólidos são difíceis de dar na colher. Dos 4 aos 6 meses o reflexo de extrusão desaparece e a habilidade para engolir alimentos não líquidos estabelece-se. Neste período o bebê já controla melhor os músculos da boca e língua, e já pode sentar-se com apoio.
Dicas para introduzir as papas
Um bebê que começa a comer sozinho deve poder “brincar” com a comida, porque a brincadeira é o seu modo de aprender, de fazer experiências: a criança deve poder enfiar as mãozinhas na papa, tentar levá-las à boca, retirar a colher das suas mãos, tentarem segurá-la para depois jogar fora o conteúdo, pegar no copo e derramar a água. Uma, duas, três… dez vezes.
Quanto mais o encorajar a comer sozinho, mais rápido aprenderá. Deixe que mergulhe as mãozinhas na maçã esmigalhada e que tente chupar os punhos, aprenderá rapidamente a fazê-lo intencionalmente. Dê-lhe comida lentamente. De modo a dar-lhe tempo de pegar por si próprio num pouco de comida. Dê-lhe qualquer coisa que possa comer facilmente com as mãos: rodelas de cenoura cozida, biscoito de polvilho, pedacinhos de pão.
Utilize sempre 2 colheres infantis (pequenas e de plástico): uma para lhe dar comida e outra para que possa brincar com ela e aprender a utilizá-la. Esteja pronta a trocar a sua colher cheia de papa pela outra vazia, para que possa tentar encher a boca por si próprio. E enquanto a enésima colherada de alimento cai por terra… mantenha o ânimo.
Um pequeno truque para prevenir inconvenientes no momento do desmame é o de tornar a colher num objeto familiar, deixando-o à disposição da criança mesmo fora do horário das refeições e permitindo-lhe levá-la à boca e chupá-la. Para o bebê tornar-se-á assim um elemento de brincadeira, não associado apenas à passagem do leite para a nova alimentação.
Se o bebê recusar persistentemente a colher, é inútil forçar naquele momento. Dê o peito e tente de novo em seguida.
Deve-se começar a papa com uma colher, para que a criança compreenda que aquele será o novo modo de comer. Nunca bater no liquidificador (as frutas ou legumes) para dar na mamadeira.

Escrito por  - Publicado em 08/04/2013
do site www.amamentartudodebom.com.br

quarta-feira, 5 de novembro de 2014

comendo fruta com 4 meses


Miguel já começou a se alimentar com frutas.
Aos 4 meses e 15 dias, contrariando todos os pediatras do planeta, Miguel começou a comer banana, maça e pera. E a tomar suco de laranja lima e de melancia.

Ahhh para!!
Mãe de primeira viagem até obedece pediatra, mãe de segunda, Não!
Com Emanuel, afff ... fui Xiita ao extremo, obedecendo cada recomendação médica.
Comeu aos 6 meses, e nem bebia agua.
Com Miguel tô mais light e seguindo mais meus instintos.

Miguel gosta de banana, odeia maça e suporta pera.
Ama laranja lima e melancia. Então no quesito sucos, estamos com 100% de aproveitamento.

Descobri que na hora de dar a fruta, deve-se enfiar a colher la no fundo da boca da criança.
Vc sabia disso?
Simmm, é institivo do bebê empurrar com a lingua.
Por isso (MODERADAMENTE) deve-se introduzir a colher la dentro pra facilitar pra criança engolir.
Massss, se a criança não quiser mesmo, não fique fazendo isso.

Ontem por exemplo, Miguel não quis a banana.
Trancava a boca.
Dai nem insisti né?






terça-feira, 28 de outubro de 2014

Assaduras que duram!



As coisas vão muito bem por aqui, exceto no quesito ASSADURAS
Meu Deus, eu não me lembrava mais o que era um bumbumzinho em carne viva. Como doi!
Acho que mais em mim do que nele!

E ai, como tratar?
Primeiro: fez cocô, troco imediatamente, não espero nem 5 minutos igual eu esperava antes, pra ver se saia mais um pouquinho.
Não uso mais lencinho. Dá lhe agua no Bumbum, na pia mesmo, geladinha mesmo, pra refrescar!
Passo pomada de tratamento, não mais aquelas de prevenção.
As pomadas de tratamento são de outros principios ativos: Nistatina e Oxido de Zinco! São pra curar peles machucadas.

Passo camadas de maizena pra selar a mela de pomada.
Dai troco a fraldinha.

Mas é dificil viu?
Miguel está assado faz uns 10 dias ininterruptos.


Bem, a gente vai levando!



Related Posts with Thumbnails

Meu Orkut

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo

Receba atualizações no seu e-mail!

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO  

BlogBlogs.Com.Br